Diálogo com stakeholders

Na Galp, o diálogo com os nossos stakeholders proporciona-nos oportunidades de aprendizagem, criação de valor partilhado, maior proximidade e confiança, redução do risco de conflitos e tomadas de decisão informadas.

Realizamos, desde 2010, um procedimento formal corporativo de auscultação de stakeholders sobre assuntos relacionados com sustentabilidade, em alinhamento com os critérios da norma AA1000 Stakeholder Engagement Standard da AccountAbility (AA1000SES).

Em conformidade com a nossa norma interna “Gestão de Stakeholders”, o processo de gestão de stakeholders respeita quatro fases distintas:

  1. Mapeamento e priorização de stakeholders
  2. Definição do modelo de auscultação
  3. Identificação das expectativas
  4. Plano de ação e monitorização e reporte do relacionamento

Mapeamento e seleção de stakeholders

Nesta fase, é realizado o mapeamento de stakeholders e a sua priorização em função da forma como se relacionam com a Galp, de acordo com os seguintes critérios:

  • Influência – representa o impacto/poder de decisão que o stakeholder tem sobre a atividade da Galp, nomeadamente a sua capacidade de influenciar a concretização dos objetivos estratégicos da Galp;
  • Dependência – representa o impacto/ poder de decisão que a atividade da Galp tem sobre o stakeholder, incluindo a dependência do stakeholder em relação às atividades, produtos ou serviços da Galp.

O mapeamento de stakeholders é um processo dinâmico, sendo verificada a sua adequabilidade quando ocorrem alterações ao contexto e/ ou revisão da estratégia da Galp.

O último mapeamento realizado conduziu à identificação dos seguintes grupos de stakeholders:

 

Definição do modelo de auscultação e identificação das expectativas

A última auscultação de stakeholders, realizada em 2018, teve por base a aplicação de um questionário, via plataforma online ou entrevista individual (presencial, via telefone ou videoconferência), com o objetivo de aferir a perceção e as expectativas dos stakeholders sobre os seguintes aspetos:

 

Quais temas materiais devem ser incorporados na estratégia da Galp Desempenho da Galp relativamente a cada tema Divulgação da performance da empresa (financeira e não financeira)

 

Adicionalmente, a Galp dispõe de outros meios específicos de auscultação regular dos seus stakeholders, nomeadamente:

  • Inquéritos para apurar o nível de satisfação de clientes;
  • Inquérito para diagnóstico do clima organizacional;
  • Plataforma de qualificação de fornecedores;
  • Planos de gestão das partes interessadas ao longo do ciclo de vida dos projetos;
  • Eventos institucionais direcionados para diferentes públicos-alvo (e.g. Capital Markets Day, Dia da Sustentabilidade, Fórum de Segurança, entre outros).

Plano de ação e monitorização e reporte do relacionamento

Na Galp, entendemos que os resultados da auscultação de stakeholders  contribuem para estreitarmos as nossas relações e realinharmos estratégias de envolvimento como os mesmos, de forma a darmos respostas claras e adequadas às suas expectativas, e são essenciais para procedermos à avaliação da materialidade dos aspetos de sustentabilidade.

Saiba mais sobre a nossa abordagem à materialidade.

Imprimir

Partilhar: