Sustentabilidade na Galp – um ano de atividade

Seis compromissos para a Sustentabilidade Aqui poderá consultar os compromissos, objetivos e desempenho da Galp nas dimensões económica, ambiental e social.
  • Países | Nacionalidades
    11 | 49 Países | Nacionalidades
  • EBITDA RCA
    1.869 m€ EBITDA RCA
  • Nº de colaboradores
    6.389 Nº de colaboradores
  • Investimento na comunidade
    5,7 m€ Investimento na comunidade
  • Investimento em I&D
    +21 m€ Investimento em I&D
  • Fatalidades | IFA
    0 | 0,8 Fatalidades | IFA
  • Emissões diretas de GEE
    3.624.706 t CO₂e Emissões diretas de GEE
  • Volume de perdas de contenção
    5,4 Volume de perdas de contenção
  • Intensidade de GEE no upstream (EP-Op | EP-NOp)
    316 | 69 t CO₂e/103t HC produzidos Intensidade de GEE no upstream (EP-Op | EP-NOp)

Abordagem para a sustentabilidade

A sustentabilidade é, para nós, um ativo estratégico crucial para a criação de valor empresarial a longo prazo.

Definimos uma estratégia suportada no desenvolvimento de um portfólio de E&P resiliente, integrado com um negócio de downstream eficiente e competitivo, suportados por soluções inovadoras e diferenciadoras que promovam a transição para uma economia de baixo carbono.

Desta forma estabelecemos 6 compromissos que integramos na dimensão económica, ambiental e social do nosso negócio. 

A nossa matriz de materialidade

A nossa matriz de materialidade prioriza os vários aspetos-chave considerando a perspetiva dos stakeholders e Organização, tendo em vista o alinhamento da estratégia corporativa refletindo o compromisso com a geração de valor sustentável.

Com os nossos compromissos contribuímos para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados pelos Estados Membro das Nações Unidas em setembro de 2015 sucedem aos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) e definem a agenda global para o desenvolvimento até 2030, com um conjunto de metas a atingir.

                    

Compromisso I — Ética e governo

Atuar de forma responsável e ética, assegurando as melhores práticas de governo e transparência

Os nossos objetivos

  1. Gerir o risco de forma integrada, a nível estratégico, financeiro, operacional e de conformidade em todos os níveis da Organização;
  2. Garantir a existência, implementação e monitorização dos instrumentos e políticas que assegurem uma atuação transparente, ética e conforme a legislação ou regulação aplicável;
  3. Integrar a sustentabilidade no modelo de governo e assegurar a criação de valor a longo prazo e a salvaguarda do interesse e do investimento dos acionistas.

Os principais números

  • Mulheres no Board e Conselho Fiscal
    18% Mulheres no Board e Conselho Fiscal
  • casos de violação de Direitos Humanos
    0 casos de violação de Direitos Humanos
  • Mulheres no Board em 2019
    20% Mulheres no Board em 2019

Compromisso II — Partes interessadas

Envolver a comunidade e demais partes interessadas, promovendo a criação de valor partilhado

Os nossos objetivos

  1. Garantir a execução do processo de envolvimento com stakeholders com base na estratégia da Organização e no contexto externo e tendências;
  2. Criar valor partilhado e medir os impactos gerados;
  3. Assegurar a existência, implementação e monitorização dos instrumentos e políticas que permitem gerir os compromissos e relacionamento com os nossos stakeholders;
  4. Assegurar a existência, implementação e monitorização dos instrumentos e políticas que permitem gerir os compromissos e relacionamento com os nossos stakeholders;
  5. Assegurar que todos os projetos incluem um plano de envolvimento com stakeholders e contemplam a avaliação dos impactos sociais;
  6. Honrar os compromissos externos assumidos e ser agente ativo na sociedade em prol do desenvolvimento sustentável.

Criamos valor partilhado

Distribuímos e reinvestimos o valor gerado no nosso capital humano, nas comunidades locais e na cadeia de fornecedores, em parceria com todos os nossos stakeholders.

Os principais números

  • Fornecedores
    3.336 Fornecedores
  • Compras locais
    >75% Compras locais
  • Horas voluntariado
    42.500 Horas voluntariado

Compromisso III — Capital humano

Valorizar o capital humano.

Os nossos objetivos

  1. Garantir a motivação constante e o sentido de missão, recorrendo à promoção do sentido de pertença e de perspetivas de carreira e de desenvolvimento;
  2. Assegurar a existência de programas de formação e desenvolvimento, que valorizem o capital humano;
  3. Promover uma cultura de autonomia, responsabilização e meritocracia;
  4. Combater a discriminação e promover a igualdade e diversidade;
  5. Promover a contratação local, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades.

A nossa abordagem

Recrutamento e acolhimento

  • Integração dos valores Galp nos processos de recrutamento e acolhimento;
  • Programa de trainees (Generation Galp) mais competitivo e alinhado com as práticas de mercado;
  • Relação com as universidades através de estágios, teses e incubadoras. 

Desenvolvimento e desempenho

  • Modelo de desempenho, transversal e com reforço da componente comportamental baseada nos valores;
  • Diferenciação do grau de responsabilidade na consecução dos objetivos;
  • Promoção de uma cultura de feedback contínuo;
  • Programa de talentos que reconhece, acompanha e desenvolve o talento em todas as posições na Empresa e faixas etárias. 

Aprendizagem e formação

  • Aposta numa verdadeira cultura de aprendizagem alinhada com a cultura, com os valores e com os objetivos estratégicos da Galp;
  • Foco numa estratégia assente em metodologias de aprendizagem e formação que fomentem a experiência e o desenvolvimento informal e social de competências;
  • Reforço das componentes digitais da aprendizagem e formação, visando igualmente o desenvolvimento de novas formas de trabalho;
  • Definição de planos de desenvolvimento pessoal alinhados com as expectativas e motivações das pessoas e da Empresa.

Reconhecimento e recompensa

  • Cultura de meritocracia que recompensa os/as que mais e melhor contribuem para alcançar os resultados;
  • Programa de reconhecimento para estimular desempenhos excecionais e promover o envolvimento;
  • Estratégia de compensação integral que valoriza e evidencia todos os elementos compensatórios.

Sistemas e abordagens de suporte

  • Estratégia focada em metodologias de aprendizagem que fomentem a experiência e o desenvolvimento informal e social de competências;
  • Reforço das componentes digitais de aprendizagem;
  • Planos de desenvolvimento pessoal alinhados com as necessidades do colaborador e da Empresa.

Os principais números

  • Contratação local
    99% Contratação local
  • Horas de formação
    185.730 Horas de formação
  • Retenção de trainees
    94% Retenção de trainees

Compromisso IV — Energia e clima

Contribuir para a satisfação das necessidades energéticas futuras e minimizar a intensidade carbónica da atividade

Os nossos objetivos

  1. Fomentar a investigação e o desenvolvimento de soluções que minimizem os riscos e maximizem as oportunidades relacionadas com a energia e clima;
  2. Promover a eficiência energética e soluções inovadoras com o objetivo de diminuir a intensidade carbónica das nossas atividades;
  3. Planear a adaptação às alterações climáticas, minimizando riscos operacionais resultantes de fenómenos climáticos extremos. 

O nosso papel na descarbonização da economia

Reconhecemos o imperativo de reduzir a intensidade carbónica das nossas atividades, produtos e serviços, desenvolvendo soluções que minimizem os riscos e maximizem as oportunidades no caminho da descarbonização da economia.

Na Galp, promovemos uma economia de baixo carbono, sendo proativos na adaptação, mitigação e gestão das alterações climáticas.

Compromissos e iniciativas na sociedade

Posicionamo-nos enquanto agentes ativos na sociedade, prevendo riscos e identificando oportunidades ao nível da energia e clima. Esta ambição é reconhecida pela presença num conjunto de índices internacionais, iniciativas nas quais participamos e projetos nos quais investimos, que colocam a Galp na frente da discussão das questões das alterações climáticas e eficiência energética.

Os principais números

  • R. Sines
    -9% Intensidade Energética - EII R. Sines
  • R. Matosinhos
    -5% Intensidade Energética - EII R. Matosinhos
  • R. Sines
    -17% Intensidade Carbónica - CO₂/CWT R. Sines
  • R. Matosinhos
    -15% Intensidade Carbónica - CO₂/CWT R. Matosinhos
Variações referentes ao período compreendido entre 2013 e 2017

Compromisso V — Segurança, saúde e ambiente

Garantir a proteção das pessoas, do ambiente e dos ativos.

Os nossos objetivos

  1. Assegurar a adoção das políticas e normas de Segurança, Saúde e Ambiente (SSA) e security que garantam a concretização do compromisso;
  2. Garantir a gestão contínua do risco de SSA e security das instalações e atividades;
  3. Garantir a conformidade legal e a adoção de práticas de referência ao nível de design, operação e manutenção;
  4. Fomentar a ecoeficiência, a preservação da biodiversidade e a proteção do solo e recursos hídricos;
  5. Promover a aplicação das melhores técnicas disponíveis e tecnologias mais eficientes;
  6. Zero acidentes, pessoais, materiais, ambientais e de security.

Entregamos valor preservando o ambiente, valorizando as pessoas e otimizando os ativos.

Envolvimento com stakeholders

Proporciona-nos oportunidades de aprendizagem, criação de valor partilhado, maior proximidade e confiança, redução do risco e tomadas de decisão informadas.

Os nossos principais referenciais:
AA1000 SES, UNEP, as nossas políticas e códigos.

Estratégia

Estamos comprometidos com a melhoria contínua do desempenho, maximizando o efeito positivo das nossas atividades e reduzindo os impactos negativos.

O que nos guia
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Global Compact, Economia circular, Objetivos COP21, Desafios de Energia e Clima.

Gestão de ciclo de vida

Garantimos uma decisão sustentada.
Através da integração dos requisitos para a proteção do ambiente, das pessoas e dos ativos no processo de tomada de decisão, ao longo do ciclo de vida.

 

Sistemas de gestão

Concretizam o nosso compromisso assegurando a excelência operacional.

Modelo de governo
Robusto e assente no princípio de accountability, suportado em ferramentas de controlo e monitorização, potenciando a agilidade da decisão e a eficácia dos resultados.

Resposta aos stakeholders

Comunicamos com transparência o nosso desempenho focados nos temas relevantes.

Os nossos principais referenciais:
IIRC, GRI Standard, CDP, GHG Protocol, IOGP, Task Force on Climate-related Financial Disclosures.

Os principais números

  • Consumo água bruta
    10,8 km³ Consumo água bruta
  • Taxa eventos segurança do processo
    0,23 | 0,47 Tier 1 | Tier 2 Taxa eventos segurança do processo
  • Resíduos valorizados
    29% Resíduos valorizados

Compromisso VI — Inovação

Promover a inovação, a investigação e o desenvolvimento tecnológico.

Os nossos objetivos

  1. Promover uma cultura de inovação em toda a Organização;
  2. Fomentar uma rede com os meios académicos e científicos disponíveis;
  3. Assegurar a integração das práticas de investigação e desenvolvimento na formulação estratégica da Empresa e no seu modelo de negócio;
  4. Disseminar conhecimento e novas tendências no setor energético, contribuindo para a reflexão sobre a diversificação do portefólio de negócios da Galp. 
 

A economia circular como vetor de descarbonização

Acreditamos que a inovação e a investigação e desenvolvimento são fatores chave para a produção de energia de forma segura, viável e competitiva.

Assumimos um papel ativo e responsável na promoção de um modelo colaborativo que fomente a economia circular para o desenvolvimento económico, assente na geração de valor sustentável.

 

Os nossos projetos

Projeto RoadFix Cork

Com origem em resíduos sólidos urbanos e incorporação como gás natural veicular.

Potencial de redução de CO> 73% vs diesel
(€3,9 m de 2017 /18)

A partir de matérias-primas de origem residual - ENERFUEL.

Potencial de redução de CO> 83% vs diesel
(€1,5 m de 2017 /18)

Removido nos processos de purificação de combustíveis como produto comercial.

Recuperação de 69.988 t de enxofre.

Para incorporação na indústria cimenteira – projeto-piloto.

Potencial de reutilização de 1200 t/ano de catalisador

Como combustível em cimenteiras – projeto-piloto.

Potencial de valorização de 1500 t/ano de lamas.

Os principais números

  • Investimento em I&D entre 2018-2022
    100 m€ Investimento em I&D entre 2018-2022
  • Projetos captura de CO₂  no E&P
    6 Projetos captura de CO₂ no E&P
  • em 11 anos
    213 Bolsas de estudo Galp 21 em 11 anos

Imprimir

Partilhar: