Compensação de Carbono

Compensação de Carbono

Queremos promover uma transição energética global, inclusiva e sustentável.

Temos como ambição atingir a neutralidade carbónica em 2050.

Para isso definimos vários objetivos e compromissos, como:
- reduzir a intensidade de CO2 da energia que produzimos em 40% até ao final desta década, liderando a nossa indústria em direção ao futuro,
- construir o nosso portfólio de energias renováveis,
- liderar o nosso setor, reservando metade do nosso capital para o desenvolvimento de novas soluções de energia,
- reduzir as emissões de CO2 dos produtos que produzimos em Sines e também as dos produtos que vendemos aos nossos clientes.

Além de todas as ações que já estamos a implementar, vamos utilizar
créditos de compensação de carbono para neutralizar eventuais emissões residuais que permaneçam em 2050.

Compensação de Emissões de Carbono na Galp

O que é a compensação de carbono

A neutralidade carbónica é atingida quando as emissões de Gases de Efeito de Estufa (GEE) são reduzidas a zero ou quando as emissões de uma determinada atividade são compensadas pela remoção da mesma quantidade de emissões por processos naturais ou tecnológicos.

 

Como funciona

A compensação de emissões de CO2 é feita através de créditos de compensação/offsets de carbono

Um crédito de compensação de carbono representa uma redução de emissões de gases de efeito de estufa equivalente a uma tonelada de CO2. Estes créditos podem ser transacionados e usados para compensar emissões que têm lugar noutra parte do mundo.

Estes créditos são verificados e certificados por entidades independentes que garantem a sua qualidade e que estes cumprem estritos critérios de qualidade e inscritos num registo global onde são cancelados no momento em que são usados para compensar emissões de GEE.

Como selecionamos os nossos projetos

Na fase de seleção das atividades e projetos que permitirão a produção de créditos de compensação de carbono, a Galp tem em consideração um conjunto robusto de critérios de qualidade.

Os créditos de compensação/offsets de carbono podem ser produzidos por vários tipos de atividades e projetos que ou reduzam ou capturem/sequestrem as emissões gases de efeito de estufa.

Estas reduções e remoções podem resultar de:

- soluções de base natural: como é o caso das emissões evitadas por melhorias em processos de gestão de ecossistemas e florestas ou remoção de CO2 por projetos de reflorestação ou aflorestação) ou

- soluções com base em tecnologias: como por exemplo, as emissões evitadas pela substituição de combustíveis fósseis por energias renováveis ou pela substituição de equipamentos poluentes por outros mais eficientes, ou remoções de CO2 através da captura direta do ar ou pela captura e sequestro de carbono usando bioenergia).

No sentido de garantir a alta qualidade dos créditos, a Galp aposta na compra de créditos de carbono verificados e certificados por entidades internacionalmente credíveis e reconhecidas, como o Verified Carbon Standard (VCS) ou Gold Standard.

Para além disso, privilegiamos projetos localizados dentro da área geográfica de atuação da Galp e procuramos sempre que estes tenham associados co-benefícios sociais e/ou ambientais permitindo alargar o nosso impacto positivo nas comunidades locais, para além da redução de emissões associada, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para 2030.

Todos os projetos aos quais a Galp compra créditos de compensação de emissões têm de garantir que a redução de emissões é real, única, verificável, adicional (ou seja, que não teria lugar sem o financiamento do projeto pela venda de créditos de compensação de emissões) e permanente (as emissões sequestradas não voltam a ser libertadas para a atmosfera).

 

Como usamos os créditos de compensação de carbono

Na Galp temos como prioridade reduzir as emissões das nossas atividades e a intensidade carbónica da energia que produzimos e vendemos aos nossos clientes. Como tal, em relação aos valores de 2017, temos como objetivo reduzir as emissões das nossas operações em 40% até 2030 (numa base de equity), a intensidade carbónica da energia que produzimos em 40% e a da que vendemos em 20% também em 2030.

Para atingir estas metas não temos em consideração a utilização de créditos de compensação de carbono. No entanto estes podem ser utilizados para neutralizar algumas eventuais emissões residuais que permaneçam em 2050, data em que a empresa ambiciona atingir a neutralidade carbónica.

No presente e no futuro próximo a Galp vai usar os créditos de compensação de carbono para oferecer aos seus clientes a possibilidade de compensarem as suas emissões, caso o desejem fazer e para oferecer produtos energéticos em que as emissões de GEE se encontrem já compensadas, contribuindo assim para neutralizar algumas das emissões dos  clientes e contribuir para o desenvolvimento de projetos que geram créditos de compensação de emissões entre outros possíveis benefícios para as comunidades em que estes estão localizados. 

Iniciativas

P

Nova Pluma 2022

A Galp lançou uma nova garrafa Pluma, leve como sempre, mais inteligente e mais sustentável. Agora, a nova garrafa Pluma tem as emissões do gás compensadas através do investimento em 4 projetos de redução ou captura de emissões de CO2 (Moçambique, Brasil, Tailândia e Camboja).

Saiba mais
S

Seleção Nacional no Mundial 2022

Enquanto patrocinador principal da Seleção Nacional de Futebol, a Galp irá compensar as emissões associadas à deslocação da Seleção Nacional para o Mundial 2022, onde se inclui as viagens de avião e as viagens entre o centro de estágio e os vários estádios onde decorrerão os jogos.

Saiba mais
R

Rock in Rio 2022

Enquanto patrocinador oficial do Rock in rio, a Galp tomou a decisão de compensar a totalidade das emissões de carbono associadas à realização do evento, na edição de 2022. Esta compensação resultou no investimento em dois projetos que promovem a captura e redução de emissões de carbono: um em Portugal, na zona envolvente aos Passadiços do Paiva, e outro em África, mais propriamente na Nigéria.

Saiba mais
M

Mundo Galp - Espanha

 Através do programa de fidelização Mundo Galp, a Galp em Espanha oferece aos utilizadores a opção de compensar o CO2 colaborando em dois projectos sustentáveis: um relacionado com um projecto de reflorestação ambiental na Galiza e o outro, centrado na geração renovável, no Brasil.

Saiba mais

Imprimir

Partilhar: