Envolvimento com a comunidade

A Galp, enquanto operador integrado de energia, presente em diversas geografias, assume o desafio de ser um parceiro de referência perante as comunidades onde exerce atividade, tendo em vista a promoção do desenvolvimento social e económico das mesmas, em linha com a estratégia definida.
Garantimos também que ao longo do ciclo de vida dos nossos projetos são identificadas, analisadas, estimadas, avaliadas e monitorizadas as expectativas das partes interessadas, nomeadamente da comunidade, de forma a aferir os riscos e oportunidades (due diligence). Adicionalmente, para cada projeto ou operação temos definido e implementado um Mecanismo de Reclamações (grievance mechanism), adequado às partes interessadas e a cada fase do projeto.
100% dos projetos em fase de produção e desenvolvimento são alvo de consulta às comunidades e outras partes interessadas.

Consulte o sumário da norma NTR-008 relativa a Requisitos específicos ambientais, sociais, de saúde e segurança em projetos. 

Um operador responsável

Como operadores de Exploração & Produção, vamos além da avaliação de impacte ambiental, social e de saúde (AIASS). A Galp realizou uma avaliação, nas operações na Namíbia, de acordo com o Protocolo de Capital Natural e Social, não só identificando, mas também quantificando os potenciais riscos ambientais e sociais identificados na AIASS.

Além disso, a fim de envolver as comunidades em que operamos, estamos em contacto contínuo com as comunidades locais, com o objetivo de partilhar os nossos conhecimentos com as entidades, organizações e comunidades locais.

Consulte as nossas iniciativas de envolvimento com a comunidade no estudo de impacte ambiental, social e de saúde para a operação em São Tomé e Príncipe.

Envolvemos as comunidades onde operamos

Fundação Galp é uma entidade privada sem fins lucrativos de Utilidade Pública, com o objetivo de aprofundar e promover a intervenção do Grupo em domínios como a Cidadania e a Responsabilidade Social.

Assumimos um papel influente no desenvolvimento sustentável local, promovendo o bem-estar através de projetos sociais que visem essencialmente o acesso à energia e à educação, reforçando o contributo da Galp para a concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Galp identificou estas causas considerando três áreas estratégicas que resultaram em iniciativas comunitárias:

A nossa atuação, alinhada com a política e estratégia de investimento da Galp na comunidade, tem vindo a ser estruturada segundo o objetivo principal de maximizar os benefícios gerados nas comunidades envolventes. Desta forma, as iniciativas da comunidade devem considerar os seguintes critérios:

 

Os princípios da nossa Política de Investimento na Comunidade estão ainda alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Princípios da política de investimento na comunidade Objetivo de desenvolvimento sustentável
Energia ODS 7 - Assegurar o acesso à energia fiável, sustentável, moderna e a preço acessível para todos
Saúde e bem-estar social ODS 1 - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares
ODS 2 - Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável
ODS 3 - Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
Educação e formação ODS 4 - Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
Ambiente e eficiência energética ODS 6 - Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos
ODS 13 - Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e os seus impactes
ODS 14 - Conservar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável
ODS 15 - Proteger, restaurar e promover a utilização sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir as florestas de forma sustentável, combater a desertificação, travar e reverter a degradação da terra e estancar a perda de biodiversidade
Inovação social ODS 5 - Atingir a igualdade de género e o empoderamento de todas as mulheres e raparigas
ODS 8 - Promover o crescimento económico inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos
ODS 9 - Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação
ODS 10 - Reduzir a desigualdade dentro e entre países
ODS 11 - Tornar as cidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis
ODS 12 - Assegurar padrões sustentáveis de produção e consumo
ODS 16 - Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, conceder o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis
Envolvimento de partes interessadas ODS 17 - Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

Consulte as nossas Políticas de Responsabilidade Social e Investimento na Comunidade.

Medição e avaliação de impactos dos projetos

Garantindo total transparência, a Galp avalia o impacto social dos seus projetos, monitorizando os retornos em termos de benefícios para a comunidade, face aos objetivos sociais definidos e usando a metodologia do Business for Social Impact (B4SI), previamente conhecido como London Benchmarking Group.

Motivação 2017 (€) 2018 (€)  2019 (€) 2020 (€) 2021 (€)
Donativos 2.182.060 94.435 899.260 2.307.864 757.470
Investimento na comunidade 2.978.444 18.074.430 20.770.561 15.651.744 22.886.316
Iniciativas comerciais 266.408 801.357 1.668.871 1.378.134 1.197.414
Total 5.426.912 18.970.222 23.338.693 19.337.742 24.841.200

 

Foco/Assunto 2017 (€) 2018 (€) 2019 (€) 2020 (€) 2021 (€)
Educação 957.695 16.572.965 19.715.190 15.398.329 21.187.537
Saúde 690.436 78.850 24.953 37.273 545.995
Desenvolvimento económico 1.600 1.602 138.007 506.636 135.593
Ambiente 772.678 926.527 448.806 288.325 548.020
Arte e cultura 215.460 415.756 1.710.816 982.793 425.453
Bem-estar social 1.931.617 946.845 1.075.466 254.396 503.362
Ajuda de emergência 0 0 162.334 1.772.863 40.256
Outros 857.425 27.677 63.120 97.128 1.454.983
Total 5.426.912 18.970.222 23.338.693 19.337.742 24.841.200
Contribuições monetárias 4,334,481 18,538,663 23,123,529 18,349,622 24,723,748
Tempo (voluntariado de colaboradores) 872,231 134,633 58,348 15,932 28,500
Doação em espécie 220,200 296,926 156,815 972,188 88,953
Custos de gestão 296.938 426.920 1.839.297 2.019.167 732.431
Total (com custos de gestão) 5.723.850 19.397.142 25.177.990 21.356.909 25.573.631

Adicionalmente, efetuámos uma avaliação dos nossos projetos sociais de acordo com a metodologia SROI. Esta metodologia baseia-se numa análise custo-benefício do valor social gerado pela intervenção das organizações. Desta forma, é possível avaliar e selecionar projetos, de forma a investir naqueles que apresentam maior potencial de impacto.

Imprimir

Partilhar: