Open Days - E&P

Um projeto de partilha de conhecimento e experiências para reforçar o conhecimento da equipa E&P.

Enquadramento

Compromisso Galp

Na Galp, temos o compromisso de envolver a comunidade e demais partes interessadas, promovendo a criação de valor partilhado.

Adicionalmente, promover a inovação, investigação e o desenvolvimento tecnológico constitui um compromisso fundamental para a criação de valor sustentável e de vantagens competitivas a médio e longo prazo.

Objetivos de desenvolvimento sustentável

Assegurar o acesso à energia fiável, sustentável e moderna para todos.  
Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.  
Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.  

Contexto

A nossa estratégia

Na Galp, acreditamos que a cooperação e a troca de experiência são fundamentais para a criação de valor, bem como para estudar e implementar novas e inovadoras soluções tecnológicas e novos negócios.

Por isso, promovemos ativamente a gestão do relacionamento com os nossos stakeholders, e em particular, o desenvolvimento de parcerias duradouras e de sucesso com empresas líderes do setor energético e com a comunidade científica e tecnológica.

Decorrente da volatilidade que caracteriza este setor, pretendemos continuar a investir no reforço das competências da equipa de Exploração e Produção (E&P), fortalecendo a influência nos consórcios, de modo a promover a partilha de sinergias entre as partes envolvidas e entre os diferentes projetos onde participamos.

Porque é importante para a Galp e para os seus stakeholders?

Na Galp, além de querermos focar os esforços na criação de valor partilhado, pretendemos também assegurar a integração de práticas de investigação e desenvolvimento na formulação estratégica dos negócios, capacitando e diferenciando tecnologicamente a Empresa e fomentando a sua preparação para responder a desafios emergentes.

Temos como ambição desenvolver, a longo prazo, o nosso estatuto de operador de projetos e fortalecer a nossa capacitação em termos tecnológicos, de conhecimento e de experiência.

Características estas que serão fundamentais para desenvolver as atividades de E&P de forma mais sustentada e potenciar o sucesso e controlo, aumentando também a visibilidade e a capacidade de organizar e participar em novos consórcios.

De forma integrada e visando a sustentabilidade de longo prazo da Empresa, reforçamos a atividade de exploração segundo critérios claros e rigorosos, nomeadamente no que respeita à definição de geografias, alocação de capital, manutenção de um nível relevante de produção e materialidade das participações. Em função desses fatores, adequamos o nível da atividade ao perfil de crescimento da Empresa.

Descrição

O projeto

O Galp Petroleum Engineering Open Days (GPEOD), que conta já com 3 edições, tem como principal objetivo fortalecer as relações dentro da comunidade de E&P e proporcionar aos participantes a oportunidade de conhecer em primeira mão as soluções state-of-art, bem como os desenvolvimentos nesta área.

Edição 2016

A 3ª edição do GPEOD realizou-se em Junho na sede da Galp, em Lisboa. O tema de discussão foi “Building New solutions under an Uncertain Business Environment” e contou com a participação de 236 pessoas, entre as quais 125 representantes de fornecedores e centros de pesquisa de referência no setor do Oil & Gas de vários países (França, Reino Unido, Noruega, Espanha, Dinamarca, Itália, Suíça, Canadá, EUA, Brasil, Venezuela e Alemanha).

Durante dois dias, decorreram várias sessões em paralelo, que se traduziram em 54 apresentações sobre temas como:

  • subsea;
  • reservoir uncertainties;
  • drilling, lean & mean;
  • facilities;
  • SURF;
  • maximizing recovery;
  • expanding the boundaries in field development;
  • industry outlook;
  • special R&D topics;
  • e-Posters.

As sessões contaram com 70 oradores, sendo que 40 deles (79%) eram convidados externos.

O evento foi também transmitido por videoconferência para o Rio de Janeiro, Natal, Angola e Moçambique.

Resultados atingidos


  • 2 Dias de atividades;
  • 236 Participantes em Lisboa, de pelo menos 13 países;
  • 43 Entidades externas;
  • 8 Chairpersons;
  • 70 Oradores;
  • 54 Apresentações;
  • 6 e-Posters.

Conclusões

A realização deste evento reforça, indubitavelmente, não só, o nosso compromisso de envolvimento com as partes interessadas, promovendo a criação de valor partilhado, como também o compromisso de promoção de inovação, investigação e desenvolvimento tecnológico.

Com efeito, este tipo de eventos promove a criação de relações colaborativas e de parceria com empresas líderes do setor energético e comunidade científica e tecnológica, facilitando a cooperação e a troca de experiências que são cruciais para a criação de valor. De igual modo, eventos como este promovem a identificação de oportunidades, geração de ideias, e conceção de novos negócios.

Este tipo de eventos têm, assim, impactos muito positivos nos diversos stakeholders:

  • Relações de parceria são fortalecidas, havendo benefícios incrementados para as partes;
  • Criação de soluções mais eficientes para os clientes;
  • Potenciar a geração de valor para os acionistas.