Segurança pessoal

Tendo como ambição alcançar zero acidentes, trabalhamos de forma contínua na prevenção, garantindo que todos atuam de acordo com as melhores práticas de Segurança e respeitando os procedimentos estabelecidos. A segurança das nossas pessoas, dos nossos parceiros e da comunidade são uma condição inegociável às nossas operações.

Índice de Frequência de Acidentes mortais e com baixa (IFA)

 

Cálculo do IFA: nº de fatalidades e acidentados com baixa por milhão de horas trabalhadas

Os zero acidentes como um objetivo comum da organização.

Estabelecemos objetivos de desempenho em Segurança, ao longo dos diferentes níveis da organização, como estímulo à sua integração, como uma prioridade no dia a dia das atividades e como condição aos objetivos de sustentabilidade da empresa.

O compromisso da gestão e responsabilidade da linha hierárquica estão expressos de forma explícita na nossa Política de SSA e no nosso Sistema de gestão SSA salvaguardando a integração da segurança e saúde  na estratégia e nas decisões que todos os dias tomamos na nossa Empresa.

As atividades de avaliação de risco são asseguradas em todos as nossas operações, para identificar e gerir os principais riscos de segurança. Promovemos a consciencialização dos nossos colaboradores para a importância destas atividades.

As nossas operações possuem sistemas de gestão de segurança, sendo sujeitas periodicamente a auditorias independentes de terceira parte. Conheça mais sobre os nossos sistemas de gestão.

As nossas pessoas (colaboradores próprios e contratados) representam uma forma muito especial de capital – o capital humano -, e merecem regressar, no final do dia, para junto das suas famílias, em segurança e com saúde.

Possuímos programas de aprendizagem e formação SSA, promotores da melhoria contínua do desempenho e disseminação das melhores práticas de identificação e gestão de riscos, promovendo uma mudança de comportamentos e atitudes.

Garantimos que os nossos colaboradores e parceiros estão aptos para as suas funções a nível físico, mental e técnico.

Assumimos as competências e capacitação dos nossos colaboradoreseparceiros como condição basilar para a concretização do nosso compromisso e responsabilidade. A seleção e treino das pessoas assente numa correta gestão da mudança, é um princípio básico que aumenta a capacidade de desempenho individual e a consciência do risco face às atividades a realizar, contribuindo deste modo para a melhoria do desempenho das equipas.

Os fatores humanos nas nossas atividades

Acreditamos que a gestão dos fatores humanos ajudam a tornar o local de trabalho mais seguro.

É reconhecida, de forma generalizada, a importância do design dos processos, da escolha dos equipamentos e dos sistemas de gestão de segurança, saúde e ambiente na proteção das pessoas, do ambiente e dos ativos.
No entanto, de forma crescente, tem vindo a ser assumida no setor, como parte do risco global, a relevância das causas associadas a tipos particulares de falha humana.

 

Benefícios da incorporação de fatores humanos na gestão SSA

  • Redução dos riscos para a saúde e segurança das pessoas e para a segurança de processo;
  • Redução do potencial para ocorrer ou mitigar a falha humana e das suas consequências;
  • Melhoria da eficiência operacional.

Podemos alcançar melhorias adicionais no desempenho de SSA compreendendo melhor a forma como os indivíduos interagem com todos os aspetos do seu local de trabalho e o planeamento das suas tarefas.

É fundamental analisar o impacto da interação dos indivíduos, uns com os outros, com as instalações, equipamentos e sistemas de gestão, dentro do seu contexto cultural e ambiente locais.

A incorporação dos fatores humanos na gestão da segurança tem impactos positivos na segurança das operações, na proteção das pessoas, do ambiente, mas também benefícios operacionais, pois permite atingir menores custos de exploração e manutenção.

Temos como objetivo aumentar a consciencialização dos nossos colaboradores e parceiros sobre a importância dos fatores humanos na obtenção de um melhor desempenho em SSA e na criação num local de trabalho mais seguro.

Adotamos como referência as guidelines desenvolvidos e publicados pela IOGP e o Energy Institute.

Envolvimento com stakeholders e disseminação de conhecimento

Fórum AQS dedicado aos temas de segurança

A Galp organizou, no dia 14 de março de 2017, o Fórum AQS dedicado aos temas de Segurança, com enfoque no impacto dos fatores humanos nas questões de segurança.

Neste Fórum contámos com a presença de especialistas internacionais no tema, que nos ajudaram a revisitar as falhas humanas e organizacionais que estiveram na origem de alguns dos mais graves acidentes industriais e nos mostraram os mais recentes desenvolvimentos do setor de Oil & Gas nestes temas.

Ao evento assistiram, para além dos quadros internos responsáveis pela segurança das operações, alguns parceiros da Galp e representantes de empresas do setor Oil & Gas associadas da IOGP - International Oil and Gas Producers.

Após o Fórum AQS, o subcomité da IOGP de Fatores Humanos reuniu nas instalações da Galp e discutiu várias questões-chave, como: os fatores humanos na gestão de barreiras, a inclusão da questão dos fatores humanos nas investigações de incidentes e processos de avaliação de competências não técnicas.

Consulte o programa do Fórum

Aplicação de Safety Critical Task Analysis (SCTA) no abastecimento de Unidade Autónoma de Gás (UAG)

Uma equipa constituída pelas funções operacionais de receção de GNL, responsável de rede de distribuição local, segurança da unidade de G&P e um especialista de fatores humanos aplicou a técnica de HTA (Hierarchical Task Analysis) para compreender toda a complexidade da tarefa, analisou as potenciais falhas que poderiam existir e determinou as medidas de controlo a implementar.

Adotamos como referência as guidelines desenvolvidos e publicados pela IOGP e o Energy Institute.

Consulte também