A nossa cultura e sistemas de gestão

Promovemos uma cultura efetiva para proteção das pessoas, do ambiente e ativos, assente na liderança e parceria. Implementamos sistemas de gestão orientados para a excelência operacional.

Para sustentar a entrega de produtos e serviços de elevada qualidade, a Galp apresenta um modelo de governo robusto, promove uma cultura de segurança, inovação e responsabilização e dispõe de sistemas de gestão que asseguram a excelência operacional.

 

O compromisso visível da gestão de topo e os seus comportamentos de liderança são fundamentais para o nosso sucesso. É por essa razão que os nossos líderes (aos diferentes níveis) estão comprometidos com os valores da Galp e assumem as suas responsabilidades, através do exemplo, atitudes e comportamentos.

Todos os colaboradores da Galp são guardiões da proteção das pessoas, do ambiente e dos ativos. Os nossos líderes motivam as suas equipas, asseguram a segurança e a produtividade da Organização e garantem que as tomadas de decisão incorporam os aspetos ambientais, sociais, de segurança e saúde. Esta preocupação está presente ao longo de todo o ciclo de vida dos ativos e das atividades da Empresa.

A cultura de tomada de decisão adotada baseia-se na avaliação de riscos e oportunidades e numa abordagem de gestão integrada que considera todo o ciclo de vida das operações.

É esta atuação que nos torna competitivos, sustentáveis, gera confiança e fortalece parcerias.

Modelo do ciclo de vida dos ativos e atividades Galp

O modelo de ciclo de vida adotado na Galp permite executar, extrair e explorar os seus ativos e atividades, atingindo níveis de referência elevados em termos de proteção de pessoas, ambiente e ativos, sem comprometer os prazos e os orçamentos previstos.

Conheça em detalhe o nosso modelo de ciclo de vida

 

A avaliação de riscos e oportunidades na Galp é realizada de forma transversal, integrada e considera as incertezas associadas aos diferentes domínios (financeiros e não financeiros).

Consulte a nossa abordagem de gestão do risco.

O tratamento dos riscos e oportunidades de natureza ambiental, social, de segurança e saúde merece a nossa maior atenção, sendo aplicadas metodologias internas que têm por base standards de referência, ex.: ISO 31000 de Gestão de Risco, ISO 22301 de Continuidade de Negócio e outras normas internacionais API, IOGP, etc.).

Sistemas integrados de gestão

A agilidade que nos é pedida tem impulsionado a transformação de processos, comportamentos e a própria cultura da organização de modo a maximizar a eficiência e a eficácia dos nossos sistemas de gestão.

Está em curso um projeto de integração dos sistemas de gestão ambiental, social, de segurança saúde, qualidade e continuidade de negócio. A excelência operacional é o objetivo último e, para tal, estamos a integrar os padrões apropriados ao desempenho de excelência que garantam que alcancemos os objetivos estratégicos traçados.

A integração dos sistemas de gestão pretende unir as pessoas, a Empresa e as suas normas.

O nosso sistema integrado de gestão é compatível com os standards de referência, nomeadamente com as ISO, OSHAS e AA1000APS2008.

Sistema de gestão operacional de Segurança, Saúde e Ambiente

O sistema de gestão operacional de segurança, saúde e ambiente (SSA) em vigor dá resposta aos princípios enunciados na nossa política de SSA e os seus requisitos são expressos através dos 22 elementos.

Este sistema de gestão, aplicável a todas as operações e atividades sob a nossa responsabilidade, permite identificar, gerir e minimizar riscos inerentes à operação em todas as fases do ciclo de vida das nossas atividades, produtos e serviços.

A gestão operacional integrada no modelo de ciclo de vida garante o tratamento dos fatores críticos de sucesso, nomeadamente ao nível da liderança, do compromisso das competências e da formação.

A formação em regime de “train the trainer” implementado na organização é a chave para garantir:

  • Partilha de conhecimento;
  • Disseminação de práticas operacionais a adotar;
  • Eliminação de disrupções causadas pelo fator humano, fator crítico no desempenho de segurança e ecoeficiência operacional.

Os 22 elementos do sistema de gestão operacional de SSA

O nosso sistema de gestão de SSA permite que as diferentes unidades da Galp assegurem o cumprimento da legislação e outras exigências relevantes, gerir eficazmente os riscos de SSA e garantir a melhoria contínua do desempenho ao longo do ciclo de vida dos seus ativos e atividades.

Foram identificados e regulamentados vários processos relevantes que devem ser geridos para assegurar um desempenho de excelência nas vertentes de SSA.

Destacam-se:

  • Gestão da formação informação e comunicação;
  • Gestão da integridade de instalações e das modificações relevantes para a sua exploração;  
  • Gestão do risco e segurança de processo;
  • Gestão da resposta à emergência e investigação de incidentes.

Estes são os elementos que constituem o nosso sistema de gestão operacional de SSA e que nos conduzem à excelência de SSA que ambicionamos.

 

Mecanismos de avaliação de eficácia

No âmbito do sistema de gestão, são estabelecidas metas e objetivos aos indicadores-chave de desempenho (KPI) para todos os níveis da empresa com o objetivo de encorajar a melhoria contínua. Estes KPI fazem parte do plano estratégico e de negócio de cada unidade e a sua monitorização é garantida via scorecards (SC).

A gestão de topo acompanha e toma conhecimento periodicamente do grau de cumprimento dos objetivos e metas.

Para reforçar o compromisso com a estratégia de sustentabilidade, incorporamos na avaliação de desempenho dos colaboradores, um KPI de sustentabilidade que beneficia ou penaliza os mesmos de acordo com o grau de concretização dos objetivos e metas estabelecidas.

Auditorias e conformidade

Na Galp, as auditorias de ambiente, qualidade e segurança (AQS) e energia continuam a ser um instrumento de gestão de extrema relevância ao nível do controlo do risco e dos impactes da nossa atividade.

Gestão do programa de auditorias AQS

Dispomos de uma equipa interna de auditores de Ambiente, Qualidade e Segurança (AQS) qualificados, de acordo com critérios rigorosos, para os referenciais ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001 e ISO/IEC 17025 e sistema de gestão operacional de SSA.

Para assegurar os benefícios resultantes da auditoria, considera-se que as auditorias internas devem incidir nas seguintes vertentes:

  • Avaliação do grau de cumprimento dos requisitos aplicáveis;
  • Eficácia dos sistemas implementados;
  • Eficiência dos processos.

O sucesso das auditorias é garantido através dos seguintes fatores:

  • Seleção de uma Equipa Auditora tecnicamente credível;
  • Planeamento e preparação da auditoria;
  • Estabelecimento de prioridades no tratamento de ações corretivas.

Para a realização de auditorias externas recorremos a entidades independentes e qualificadas.

O grau de execução de ações de auditorias foi de 90%, mantendo os números mais favoráveis desde que estes indicadores são monitorizados.

Grau de execução (%)

 

Esta evolução traduz o crescente envolvimento da gestão e a inclusão destes indicadores nos SC das unidades de negócio. Confirma-se assim o reconhecimento da importância dos processos de auditoria na minimização dos riscos e na melhoria do desempenho.

 

Certificações

100% das nossas operações estão cobertas pelo sistema de gestão operacional de SSA.

As instalações da Galp com maior materialidade têm as certificações ISO 14001/OHSAS 18001. Estes sistemas de gestão são verificados e certificados por entidades externas especializadas.

Em 2017, mantivemos as nossas certificações, totalizando agora 34 qualificações, nas vertentes de:

Qualificações (2017) Número
ISO 9001 18
ISO 14001 6
OHSAS 18001 5
ISO 50001 2
ISO / IEC 17025 3

A manutenção destas qualificações e a realização de auditorias regulares é realizada por uma bolsa de auditores internos qualificados de acordo com critérios rigorosos.

Estes requisitos traduzem o compromisso da nossa Empresa com a melhoria contínua das atividades.

Para mais informações faça download da lista detalhada de certificações da Galp.

As principais instalações encontram-se certificadas de acordo com a norma ISO 14001, nomeadamente:

  • Refinaria de Sines
  • Refinaria de Matosinhos
  • Companhia Logística de Combustíveis (CLC)*
  • Distribuição de gás*: Setgás; Beiragás; Lisboagás; Lusitâniagás; Duriensegás; Medigás; Paxgás; Dianagás
  • Parque de armazenagem de Valência
  • Fábrica de Gijón

* não consolida na Galp

Mais sobre a nossa estratégia de SSA

Imprimir

Partilhar: