Gestão da emergência

Assegurar uma atuação rápida e eficaz, garantindo a minimização dos efeitos adversos nas pessoas, no ambiente e nos ativos, é a nossa prioridade.

Apesar das medidas adotadas, os acidentes podem acontecer e por isso devemo-nos preparar para uma série de possíveis interrupções nas operações e eventos de emergência. É necessário planear, treinar e preparar a resposta à emergência para mitigar potenciais impactos nas pessoas, no ambiente, nas instalações e na comunidade.

Paralelamente a uma atuação focada na prevenção, não descuramos a capacidade de gerir emergências.

A gestão de emergências é realizada de uma forma sistemática, sendo definidos planos de emergência interna para todas as nossas instalações.

Face aos cenários de risco identificados são planeadas ações, de modo a ser assegurada uma intervenção rápida dos meios internos e externos, bem como a articulação com as autoridades e/ou organizações relevantes tendo sempre como princípios a salvaguarda das pessoas, do ambiente e dos ativos.

Nas nossas instalações, atividades e/ou serviços é garantida a formação e informação de todos aqueles cuja atuação é exigida se acionados os planos de emergência.

Periodicamente são realizados testes aos planos de emergência (simulacros e exercícios de simulação periódicos), nos quais são testados os vários cenários de risco identificados e a resposta de todos os intervenientes. Com base nos resultados obtidos e na sua análise crítica os planos de emergência são atualizados continuamente.

No nosso sistema de gestão SSA são estabelecidos os requisitos ao nível da Preparação e Resposta à emergência aplicáveis às operações da Galp.