Consumo de recursos nas nossas operações

Trabalhamos todos os dias para otimizar a utilização dos recursos naturais em todas as etapas da nossa atividade.

A otimização da utilização de recursos é uma preocupação constante na Galp.

Promovemos uma utilização responsável dos recursos nas três fases do ciclo de vida das nossas instalações, produtos e serviços:

  • Conceção e projeto;
  • Exploração e vida útil;
  • Fim de vida e desativação.

Quatro eixos da eficiência

Em todas as operações, atuamos, em prol da eficiência na utilização dos recursos naturais, segundo quatro eixos chave.

 
  • Preservação do capital natural: reconhecemos o capital natural como elemento gerador de valor, logo, a destruição de ecossistemas tem um impacto económico negativo. Devemos incentivar a sua preservação através do controlo do stock finito de recursos (criando condições de regeneração para os recursos) e do balanço dos fluxos renováveis associados.
  • Otimização do rendimento de recursos: procuramos a minimização do consumo e a maximização da utilidade, através da reutilização, nomeadamente dos materiais e energia, promovendo um aumento da eficiência na utilização de recursos.
  • Redesenho de processos e modelos: promovemos o repensar de processos e modelos de negócios, atendendo a questões técnicas e económicas, sociais e institucionais, e, em última instância, redesenhando os mesmos.
  • Inovação e novas tecnologias: assumimos o desenvolvimento de novas estratégias assentes na inovação e tecnologia, como base que permite efetivar e alavancar as mudanças à atual dinâmica das sociedades. possibilitando as alterações nos sistemas produtivos, mas também, nos hábitos e cultura da sociedade.