O que esperamos de si

É simples. Uma pequena ação e o mundo transforma-se como por magia. Alegria dá alegria, sorrisos multiplicam vontades, dedicação resulta em inovação, cada realidade motiva uma nova perspetiva. É o que fazemos e esperamos de si.

ADN Galp

Ideias geram ideias

Curiosidade.

Imagine uma página em branco. Tem tanto de intimidante como de libertador e é esse frio no estômago que nos surpreende quando menos esperamos. Arrisque, experimente coisas novas!

Sorrisos multiplicam vontades

Entusiasmo, otimismo, boa disposição.

Energia cria energia, e à medida que encaramos os desafios com confiança, estamos a contagiar positivamente quem nos rodeia. Acreditamos que com as nossas forças ultrapassaremos as dificuldades. Cada problema, tem uma solução. Enfrente cada dia com a alegria de saber que, no final, vai conseguir que tudo dê certo!

A minha vontade tem o poder de criar energia

Vontade de fazer a diferença.

Porque há sempre espaço para saber mais, explorar e sonhar mais. À medida que exploramos novas hipóteses, mudamos a nossa perspetiva sobre o presente e antecipamos um amanhã sustentável. É mais importante do que pensa: há sempre alguém que o inspira, ou que se deixa inspirar por si!

A dedicação resulta em inovação

Determinação, resiliência.

Questionar, tentar e errar para acertar. É um movimento infinito que nos leva às maiores descobertas. Não perca o entusiasmo, avance com coragem e desafie-se a ir mais longe!

A tua ideia pode lançar um movimento

Perspicácia, conhecimento.

O mundo muda e somos nós que o fazemos mudar. Ideias à espera de serem ligadas, conclusões que precisam de ser retiradas, os pontos juntam-se e tudo passa a fazer sentido. Atreva-se a partilhar o seu contributo. Encante com as suas palavras. Deixe que o seu pensamento seja o ponto de partida para um movimento!

O nosso mundo vai muito para além da Galp

Com mundo.

Cada realidade mostra um novo ângulo. Somos o resultado das nossas experiências. E, à medida que experimentamos novas realidades, crescemos. Expandimos os nossos horizontes, vemos o que antes não víamos e tornamo-lo visível para os outros. Não se esqueça, como alguém disse, é do tamanho do que vê!

Imprimir

Partilhar: