Envolvimento com a comunidade

Temos como objetivo principal criar valor partilhado e, por isso, a nossa estratégia de envolvimento e desenvolvimento da comunidade está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e permite-nos dar resposta a necessidades sociais.

Consideramos que o envolvimento e desenvolvimento das comunidades é um tema fundamental, não só na forma como gerimos os impactos da nossa atividade, mas também na forma como atuamos na promoção do progresso económico e social dos locais onde estamos presentes.

Política e estratégia de investimento na comunidade

A nossa atuação tem vindo a ser estruturada segundo o objetivo principal de maximizar os benefícios gerados nas comunidades envolventes.

Estão estabelecidos na nossa Política de Investimento na Comunidade os seguintes vetores de atuação:

  • Alinhar a nossa atuação com a realidade das comunidades onde estamos inseridos;
  • Colocar a energia como pilar principal da nossa atuação;
  • Atuar nas áreas da saúde e bem-estar social, educação e formação, ambiente e eficiência energética;
  • Promover o envolvimento das partes interessadas de cada comunidade;
  • Criar condições para a inovação social e para a promoção de negócios sociais e inclusivos;
  • Monitorizar e otimizar os resultados gerados por cada contribuição.

Os princípios da nossa Política de Investimento na Comunidade estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Princípios da política de investimento na comunidade Objetivo de desenvolvimento sustentável
Energia ODS 7 - Assegurar o acesso à energia fiável, sustentável, moderna e a preço acessível para todos
Saúde e bem-estar social ODS 1 - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares
ODS 2 - Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável
ODS 3 - Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
Educação e formação ODS 4 - Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
Ambiente e eficiência energética ODS 6 - Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos
ODS 13 - Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e os seus impactes
ODS 14 - Conservar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável
ODS 15 - Proteger, restaurar e promover a utilização sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir as florestas de forma sustentável, combater a desertificação, travar e reverter a degradação da terra e estancar a perda de biodiversidade
Inovação social ODS 5 - Atingir a igualdade de género e o empoderamento de todas as mulheres e raparigas
ODS 8 - Promover o crescimento económico inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos
ODS 9 - Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação
ODS 10 - Reduzir a desigualdade dentro e entre países
ODS 11 - Tornar as cidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis
ODS 12 - Assegurar padrões sustentáveis de produção e consumo
ODS 16 - Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, conceder o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis
Envolvimento de partes interessadas ODS 17 - Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

 

Programa de investimento na comunidade

Desenvolvemos um programa de investimento na comunidade específico para cada zona geográfica onde estamos presentes.

A estratégia que definimos para garantir a integração dos princípios da Política de Investimento na Comunidade, tem em conta os diferentes contextos e realidades económicas, sociais e culturais das zonas onde estamos e a diversidade de tipologias de operação que desenvolvemos.

Estes programas são definidos com base:

  • Na caracterização económica, social, cultural e ambiental da zona geográfica em questão, nomeadamente:
    • Produto interno bruto;
    • Índice de desenvolvimento humano;
    • Demografia;
    • Taxa de analfabetismo;
    • Distribuição das infraestruturas de educação e de saúde;
  • Na caracterização das operações da Galp - tipologia de operações vs. impactos gerados;
  • Na tipologia dos projetos quanto ao seu potencial de impacto, de transformação e de envolvimento das comunidades;
  • Na caracterização do grau de risco, do nível de sustentabilidade do projeto e do potencial para gerar negócios sociais e inclusivos.

Imprimir

Partilhar: