Aprovisionamento & Trading

Produtos Petrolíferos

Aprovisionamento & Trading

A Galp gere o aprovisionamento de crude e de outras matérias-primas, tendo em conta diversos fatores, tais como:

  • Maximização da margem de refinação;
  • Otimização da extração de valor das vendas do equity crude;
  • Diversificação das fontes de aprovisionamento;
  • Especificidades do aparelho refinador.

Para mais informação sobre as fontes de aprovisionamento de crude da Galp ou a atividade de marketing do equity crude, consulte o nosso Relatório de Gestão Integrado aqui.

A Galp diversifica as fontes de aprovisionamento de crude através de fornecedores de vários países, de forma a mitigar o impacto de possíveis eventos, nomeadamente conflitos geopolíticos.

As atividades de aprovisionamento e trading da Galp são responsáveis pela venda da produção do aparelho refinador, tanto para as atividades de comercialização da Galp, como para outros operadores na Península Ibérica e exportação.

Em 2020, as vendas de produtos petrolíferos totalizaram 13,9 mt, das quais 6,2 mt correspondem a vendas da área Comercial, 2,8 mt correspondem a outras operações e 4,9 mt correspondem a exportações.

Beneficiando da excelente localização da nossa refinaria, a América do Norte, nomeadamente a Costa Leste, continuou a ser um destino relevante para a exportação dos componentes pesados de gasolina. Para além dos E.U.A., Espanha e Gibraltar foram também destinos importantes de exportações da Galp em 2020.

 

Gás natural

A Galp posiciona-se como um comercializador integrado de gás natural no mercado ibérico e mantém uma presença ativa no mercado internacional de gás natural e gás natural liquefeito (GNL) através das suas atividades de trading.

Aprovisionamento

A Galp mantém uma política de gestão ativa das suas fontes de aprovisionamento de gás natural, tendo vindo a procurar alternativas e a diversificar o seu cabaz de aprovisionamento.

As principais fontes de aprovisionamento provêm de contratos de longo prazo de gás natural com a Argélia e de GNL com a Nigéria, que contribuem com c.70% do cabaz de aprovisionamento da Empresa.

Adicionalmente, a Galp adquire os restantes volumes do mercado Ibérico no mercado spot em França e Espanha. 

Volumes aprovisionados de gás natural por origem em 2020

 

Em 2019, a Galp e a Sonatrach estabeleceram um novo acordo que permitará à Empresa a compra de gás natural da Argélia à Península Ibérica, através das rotas de gasodutos internacionais existentes. Neste contexto, a Galp já assegurou 1 bcm, num período de 5 anos.

Já em 2020 a Galp assinou um contrato de compra e venda (SPA) com a Nigéria LNG Limited para garantir o aprovisionamento de 1 mtpa de GNL durante um período de 10 anos, com início em outubro de 2021. De modo a diversificar as nossas fontes de abastecimento de longo prazo, a Galp mantém ainda um acordo com a Venture Global LNG para a aquisição de 1 mtpa do terminal de exportação de LNG de Calcasieu Pass, nos EUA, durante um período de 20 anos, com início em 2023.

Contratos de longo prazo de aprovisionamento GN/NGL
Contratos País Quantidade (bcm p.a.) Duração (anos) Início
Sonatrach Argélia 1.0 5 2021
NLNG I (GNL) Nigéria 0.4 20 2000
NLNG II (GNL) Nigéria 1,0 20 2003
NLNG III (GNL) Nigéria 2,0 20 2006
NLNG IV (GNL) Nigéria 1,4 10 2021
Venture Global E.U.A 1,4 20 2023

 

Trading

Através da atividade de trading de GN/GNL, a Galp tem vindo a consolidar o acesso a mercados organizados de gás natural europeus, com foco na Espanha, França e Holanda.

As atividades de aprovisionamento e trading de gás natural da Galp contam também com o aprovisionamento do negócio Comercial, centrais elétricas e autoconsumos.

Em 2020, os volumes de GN/GNL vendidos foram de 71,4 TWh, dos quais 26,0 TWh por meio de trading, principalmente através das vendas de comercialização em rede.

Eletricidade

Aprovisionamento & Trading

A Galp tem como objetivo manter a geração de eletricidade de uma forma competitiva e, para tal, tem vindo a fortalecer o seu portefólio de forma a fornecer energia aos seus clientes.

A Galp está presente no mercado através do Mercado Ibérico de Eletricidade (MIBEL), tanto no mercado spot (OMEL) como no mercado a prazo (OMIP). Esta atividade visa sobretudo a aquisição de eletricidade em mercado, a qual é vendida através da atividade de comercialização.

A Empresa tem também procurado diversificar as suas fontes de eletricidade, explorando tanto contratos de compra de energia renovável com terceiros, como através da construção do seu próprio portefólio de geração de energia renovável.

Mais informação sobre a unidade de negócios Renováveis & Novos Negócios aqui.

A Galp detém atualmente dois contratos de longo prazo para a compra de energias renováveis a partir de centrais solares, num total de cerca de 650 GWh por ano, como parte da sua estratégia para garantir o fornecimento de soluções energéticas eficientes e ambientalmente sustentáveis.

  

Imprimir

Partilhar: